A vida é simples!!!

Você não acha?

Acha que tudo é difícil, complicado, que as pessoas não te respeitam, não te amam, te rejeitam, te agridem, estão sempre querendo puxar o tapete para você?

Vamos pensar – o que você anda irradiando? O que as pessoas ao redor sentem sobre você? Será que elas não estão apenas REAGINDO às suas atitudes, pensamentos e sentimentos?

Você se ama? Se respeita? Espalha gentileza, amor, gratidão a todos ao seu redor?
Permite que trocas positivas sejam feitas a todo momento? Transmite paz e felicidade?

Nós não conseguimos irradiar o que não estamos vivenciando.
Por isso comece por você.

Ame-se, respeite-se, sinta-se feliz e grato por tudo de bom.
Isso não é egoísmo, é tornar-se pleno, completo.

Sentimentos bons são contagiantes.

Mude o foco de sua vida.

Tenha pensamentos bons e felizes sobre todos ao seu redor.
Até mesmo alguém que te prejudica, tem qualidades e também pode estar focando apenas as coisas de forma negativa.
Procure pelo lado bom das coisas que acontecem, das pessoas que o cercam, das ações que tem a realizar a cada dia.
Foque em busca de soluções e de cooperação, ao invés de focar em problemas e em competitividade.

Esteja receptivo a elogios, presentes, sorrisos, e tudo de bom que chega a você !

Só depende de uma intenção séria a respeito e da vontade sincera de colocar isso em prática até que esteja incorporado na sua personalidade.

Quando você muda, o mundo muda. Experimente!

Não se trata de viver de ilusão, de achar que o mundo é só cor-de-rosa.

Atualmente muitas pessoas estão viciadas em ver apenas o que acontece de ruim, ou em imaginar que as pessoas ao redor apenas querem prejudicá-las, enganá-las, roubá-las. O que isso causa? Sofrimento autoimposto, e autoalimentado, pois na grande parte das vezes isso está apenas na mente da própria pessoa. Liberte-se!

Observe o que você está irradiando? Observe que está atraindo para si?
Observe o que anda pensando e sentindo sobre si mesmo e sobre as pessoas que estão ao seu redor e trate-se bem! Não fique se torturando com pensamentos desnecessários!

Almas perfumadas

Nós recebemos do mundo aquilo que damos ao mundo.

Em todos os aspectos isso é fácil de ser comprovado.

Por isso devemos escolher conscientemente em quem queremos nos tornar, quais nossos valores, nossas atitudes, comportamentos e ações. Ser melhor a cada dia.

Inspirado nisso, coloco aqui um lindo poema  Almas Perfumadas, na sua forma escrita e em formato de video. Usufruam e… Escolham que tipo de perfume querem exalar ao mundo.

Almas Perfumadas – Ana Cláudia Saldanha Jácomo

Tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta.
De sol quando acorda.
De flor quando ri.
Ao lado delas, a gente se sente 
no balanço de uma rede que dança gostoso 
numa tarde grande, sem relógio e sem agenda.
Ao lado delas, a gente se sente 
comendo pipoca na praça.
Lambuzando o queixo de sorvete.
Melando os dedos com algodão doce 
da cor mais doce que tem pra escolher.
O tempo é outro.
E a vida fica com a cara que ela tem de verdade, 
mas que a gente desaprende de ver.


Tem gente que tem cheiro de colo de Deus.
De banho de mar quando a água é quente e o céu é azul.
Ao lado delas, a gente sabe 
que os anjos existem e que alguns são invisíveis.
Ao lado delas, a gente se sente 
chegando em casa e trocando o salto pelo chinelo.
Sonhando a maior tolice do mundo 
com o gozo de quem não liga pra isso.
Ao lado delas, pode ser abril, 
mas parece manhã de Natal 
do tempo em que a gente acordava e encontrava 
o presente do Papai Noel.


Tem gente que tem cheiro das estrelas 
que Deus acendeu no céu e daquelas que conseguimos 
acender na Terra.
Ao lado delas, a gente não acha 
que o amor é possível, a gente tem certeza.
Ao lado delas, a gente se sente visitando 
um lugar feito de alegria.
Recebendo um buquê de carinhos.
Abraçando um filhote de urso panda.
Tocando com os olhos os olhos da paz.
Ao lado delas, saboreamos a delícia 
do toque suave que sua presença sopra no nosso coração.


Tem gente que tem cheiro de cafuné sem pressa.
Do brinquedo que a gente não largava.
Do acalanto que o silêncio canta.
De passeio no jardim.
Ao lado delas, a gente percebe 
que a sensualidade é um perfume
que vem de dentro e que a atração 
que realmente nos move não passa só pelo corpo.
Corre em outras veias.
Pulsa em outro lugar.
Ao lado delas, a gente lembra 
que no instante em que rimos Deus está conosco, 
juntinho ao nosso lado.
E a gente ri grande que nem menino arteiro.


Tem gente como você que nem percebe 
como tem a alma Perfumada!
E que esse perfume é dom de Deus.

Por toda internet consta que esse texto é de Carlos Drummond de Andrade, no entanto por informação de um leitor que foi devidamente checada, descobri que a verdadeira autora é Ana Cláudia Saldanha Jácomo no projeto Releituras, por favor se alguém tiver uma comprovação sobre a real autoria, por favor me envie. Grata


A máscara do sorriso

Na China Antiga, um homem chamado Wong, se sentia hostilizado pelas pessoas da pequena aldeia onde morava.
Um dia o senhor Wong foi visitar o sábio da região e então desabafou: cumpro minhas obrigações para com os deuses,
sou um bom cidadão, um exemplar chefe de família, vivo praticando a caridade, por que as pessoas não gostam de mim? E a resposta do mestre foi simples: embora o senhor Wong fosse caridoso, o seu rosto sério levava a todos uma conclusão diferente. Embora ele fosse muito rico, era pobre de “alegria” e “cordialidade” e, por outro lado, nunca sorria, embora ajudasse as pessoas.

O sábio deu ao senhor Wong uma máscara sorridente que se ajustava perfeitamente ao seu rosto. Advertiu-o, entretanto, de que se algum dia a tirasse do rosto, não conseguiria recolocá-la.
No primeiro dia em que Wong saiu à rua, todos começaram a cumprimentá-lo e em pouquíssimo tempo já estava cheio de amigos.
Mas, um dia, chegando à conclusão que as pessoas não gostavam dele, mas da máscara, pensou: é preferível ser hostilizado, a ser estimado por uma máscara falsa. Foi até ao espelho e retirou a máscara sorridente.
Mas que surpresa… o seu rosto tornara-se também sorridente, assumira as expressões e o sorriso da máscara…
“O que você é internamente é uma conseqüência do que você mostra externamente”

Lenda chinesa

Quando queremos conquistar uma habilidade , competência, característica ou mesmo um sonho, o primeiro passo é “agir como se” . Agir como se já houvesse conquistado.

Ao assumirmos o “papel” do que desejamos atingir, isso se reflete e atraimos o que é necessário para que isso seja conquistado. Foco e atração.

Lei de Hermes – conquistando tudo o que se quer

Para conquistar tudo o que se deseja:
sonhar sempre
visualizar o que se quer realizar todos os dias
– observar seus sentimentos, procure  sempre sentir-se bem
agir de forma congruente à seus sonhos e novos sentimentos
– aproveitar as oportunidades quando surgirem, sem hesitar, com determinação
– ser grato por todas as pessoas e coisas que estão presentes em sua vida.

Vamos lá, só depende de você.

Abaixo coloco um lindo video que recebi de uma amiga sobre essa lei.
Experimente, é uma lei, basta ser ativada para funcionar.