Medos são crenças aprendidas

A maior parte de nossos medos nos foram ensinados por familiares, professores e colegas.
Se você já cresceu, pode hoje conscientemente escolher no que quer acreditar.
Faço no video 3 perguntas que poderão ajudá-lo a refletir 🙂

Medos são para serem superados.

Saude e sucesso

Preocupações ?

Preocupações!

Pre ocupações!

Pre ocupa ações!

“Pesquisas mostram que 78% da população passa até oito horas por dia lidando com medos e preocupações! Elas também apontam que 40% das coisas com que nos preocupamos nunca acontecerão; 30% são pensamentos e distorções de situações que já aconteceram e que não podemos mudar (apenas resignificar); 12% se tratam de assuntos que não são de nossa conta, ou seja, dos outros; e 10% do que considera-se como doenças imaginárias. Faça as contas: 92% de nossas preocupações são completamente reativas! Isso deixa uma porcentagem de 8% para medos e preocupações que são realmente justificáveis.
Lembre-se dessas informações quando perceber que sua pressão está subindo, quando o medo e a ansiedade começarem a te invadir ou quando se pegar preocupado.
A probabilidade é de que você esteja se estressando com uma situação que nunca vai acontecer, que se origina do seu passado, que é completamente imaginária ou que você simplesmente não tem controle. Se aquilo com o que se preocupar não for relevante daqui cinco anos, é provável que também não seja agora.” (Yehuda Berg)

Liberte-se!

 

Usando sua intuição

Quando temos que fazer uma escolha, naturalmente analisamos todas as opções envolvidas, o que iremos perder o ganhar perante cada uma delas, o que sentimos ao imaginarmos aquela opção aceita, até que, num dado momento, surge uma certeza interior, do que deve ser feito.
Essa certeza, esse calorzinho de segurança sobre o que fazer, chama-se intuição.

Pode surgir em diversas situações e momentos. Quando voce está fazendo uma compra, quando conhece alguém, quando faz um negócio ou qualquer outro tipo de escolha que tenha a fazer.

Aprenda a ouvir mais a sua intuição, pois como diz a imagem ao lado,”intuição é quando seu coração dá um pulinho no futuro e volta rápido”. Ela nos indica o caminho correto, e quando ela surgir, firme e forte, não hesite, siga-a.

Porém, não confunda intuição com suas convicções, crenças ou temores.
A intuição é livre, forte, corajosa, não conhece pre-conceitos ou idéias pré-concebidas, é assertiva no sim e no não. A sensação é outra.
Se você já teve uma dessas, sabe do que estou falando, se não teve, ouça mais o seu interior e verá.

 

Propósito de vida – você já encontrou o seu?

Até onde vai o seu potencial?
De que maneira você quer deixar sua contribuição para mundo?
Como você pode fazer a diferença?

Encontramos muitas pessoas que passam uma boa parte de suas vidas (ou toda ela) trabalhando apenas para o seu sustento e conquistas materiais. Essa é, com certeza, uma parte importante da vida.

Mas isso as realiza? As torna plenas? As fazem sentir que estão usando e desenvolvendo ao máximo suas capacidades?
As vezes sim, as vezes não.

Alguns grandes empresários também passaram a vida toda construindo seu patrimônio, mas também foram e são responsáveis por alimentar, nutrir e educar, muitas famílias e por criar produtos ou processos de desenvolvimento. Esse foi a escolha de muitos deles.

A questão aqui é você já encontrou o seu propósito de vida?

Reflita comigo:

Se você puder tudo, sem limites, ao que você dedicará sua vida? Qual será o legado que quer deixar?
Qual o diferencial que quer deixar no mundo?

Por que será que tantos sabem que poderiam fazer muito mais, mas são paralizados pelo medo: medo de não estarem preparados, de não conseguirem enfrentar os obstáculos, de não serem aceitos ou de receberem críticas, medo de fracassarem, medo de não conquistarem nada material,…

Será que esses medos são reais?

E o medo de chegar ao final da vida e descobrir que não fez o que gostaria de ter feito?
E esse medo? por que não aparece nesse momento?

Não temos como saber se estamos preparados para algo até agir, e quase sempre descobrimos que sim, somos capazes de superar o que for necessário.
Só agindo é que vamos nos preparando, que vamos descobrindo e desenvolvendo nossas potencialidades . Só agindo, vencemos nossos medos e a cada passo nos tornamos mais seguros e confiantes perante o caminho a seguir. Só agindo estaremos libertos de críticas ou rejeições por que desenvolveremos a certeza interior de que estamos fazendo o que é preciso para a conquista de nosso propósito de vida.

Por isso, reflita, quem você quer se tornar e comece a agir nessa direção. Não se preocupe em conhecer o caminho todo, dê um primeiro passo, depois outro ,depois outro, mas foque sempre onde você quer chegar! Tenha CORAGEM E FÉ – AJA COM O CORAÇÃO!!!!