Superar dores emocionais – ultima parte

Ja vimos aqui:

LIDAR COM DORES EMOCIONAIS INTERNAS

SUPERAR DORES EMOCIONAIS : passos 1 e 2

SUPERAR DORES EMOCIONAIS – CONT. : passo 3

Agora apresento a parte final dessa importante técnica de superação de dore internas.

sentirbemPASSO QUATRO – Seja Confiante

Confie de que poderá controlar a emoção imediatamente.

Para isso, lembre-se de  um momento em que você teve sucesso em superar uma emoção similar a que sente hoje. Você soube lidar com essa emoção no passado, então saberá como lidar com ela hoje.  Você já possui uma estratégia sobre a maneira de mudar seus estados emocionais. Portanto, pare agora e pense na ocasião em que sentiu as mesmas emoções, e como as tratou de um modo positivo.

O que você fez no passado quando senti a mesma emoção negativa? Mudou o que focalizava, as perguntas que se fazia, suas percepções? efetuou alguma ação diferente?_

Decida fazer a mesma coisa agora, com a confiança de que dará resultado, como ocorreu antes. Depois que definir o que fez no passado, faça as mesmas coisas agora, e descobrirá que os resultados serão similares.
O que você irá fazer?Quando?

PASSO CINCO – Tenha Certeza de que Pode Controlar não Apenas Hoje, Mas Também no Futuro

Você quer ter certeza de que poderá controlar essa emoção com facilidade no futuro, contando com um plano para isso. Um meio de consegui-lo é simplesmente lembrar como controlou no passado, e ensaiar como manipular as situações em que esse Sinal de Ação surgirá no futuro. Veja, escute e se sinta controlando a situação com facilidade.
As repetições, com intensidade emocional, criarão dentro de você um caminho neural de certeza, que lhe permitirá lidar com esses desafios. Além disso, anote num pedaço de papel três ou quatro outros meios de mudar sua percepção quando ocorrer um Sinal de Ação, ou meios para mudar agora como comunica seus sentimentos e necessidades, ou meios para mudar as ações que adota nessa situação específica.

PASSO SEIS Fique Animado, e Entre em Ação

Fique animado por saber que pode dominar com facilidade a emoção, e efetue uma ação imediata para provar que a controlou. Não fique empacado nas emoções limitadoras que experimenta. Expresse-se pelo uso do que ensaiou interiormente para criar uma mudança em suas percepções, ou ações. Lembre-se de que as novas definições que acabou de fazer mudarão a maneira como se sente não apenas hoje, mas também como vai lidar com essa emoção no futuro.

Com esses seis passos simples, você pode dominar praticamente qualquer emoção que surgir em sua vida. Se descobrir que vem lidando com a mesma emoção muitas e muitas vezes, este método de seis passos o ajudará a identificar o padrão e mudá-lo num curto período. Lembre-se de que a melhor ocasião para controlar uma emoção é o momento em que começa a senti-la. É muito mais difícil interromper um padrão emocional depois que se torna plenamente desenvolvido.

Muito sucesso, e qualquer coisa, me escreva!!!

Anúncios

Superar dores emocionais – cont.

No post passado https://andreabertoncel.com/2014/09/25/superar-dores-emocionais/

melhorandoComecei a falar que podemos sim eliminar dores internas que nos acompanham.

Coloco aqui mais alguns passos sobre como lidar e superar dores emocionais, baseada no método de Anthony Robbins descrito no livro “Desperte o gigante interior”

Agora iremos para o passo 3 – Descubra a mensagem quer lhe passar, seja curioso

Ficar curioso o ajuda a dominar a emoção, resolver o desafio,
e a evitar que o mesmo problema ocorra no futuro.
Ao começar a sentir a emoção, fique curioso sobre o que tem realmente a lhe oferecer.

O que essa emoção quer lhe contar?
O que ela quer de bom para você?______________________
O que precisa fazer neste momento para melhorar a situação?

O que você quer realmente sentir?
Em que você acredita para manter o que vem me sentindo?
O que está disposto a fazer para criar uma solução, e dominar a situação agora?
O que aprende com isso?
Ao ficar curioso sobre suas emoções, você aprenderá distinções importantes sobre elas, não apenas hoje, mas também no futuro.
Pensar e Sentir andam juntos, mas não no mesmo tempo. Uma forma de dominar uma emoção negativa é colocar o pensar em ação sobre ela.
Agora você já deve estar começando a se sentir melhor com essa emoção.
no próximo email colocarei mais um passo 🙂
Enquanto isso, o que pode te deixar feliz hoje que está sob seu controle?

 

Superar dores emocionais

No post https://andreabertoncel.com/2014/09/24/lidar-com-dores-emocionais-internas/

eu explanei da importância de reconhecer e acolher nossas dores internas emocionais.

Agora nesse e nos próximos colocarei aqui um processo para superação dessa dores.

No livro “Desperte seu gigante interior” Anthony Robbins traz um método denominado

raiva1SEIS PASSOS PARA O CONTROLE EMOCIONAL

Irei colocando 2 passos por vez para que você possa ir trabalhando sua emoção interna com profundidade.

Há seis passos que podemos dar ao sentir uma emoção dolorosa, a fim de que possamos superá-la.

PASSO UM – Identifique o que Você Realmente Sente – Seja absolutamente sincero consigo mesmo

“O que você está realmente sentindo neste momento?”

“Estou realmente me sentindo ________________(zangado)? Ou é outra coisa? (mágoa) Observe com atenção.
Qual a qualidade de sua emoção. Algumas emoções parecem ser similares, mas não são: exemplo, é raiva, ira, ódio, rancor? a escolha da palavra correta é fundamental para o início do entendimento da emoção, não se culpe se terá que nominalizá-la de um modo negativo nesse momento.

“Eu me sinto ________________________(rejeitado) neste momento”, ou apenas sinto um sentimento  (de separação da pessoa que amo?)(desapontado?) Aqui da mesma maneira. O que o fez sentir a emoção citada na resposta anterior? qual foi a situação e o resultado interior para você?

Ao identificar o que de fato sente, você pode baixar a intensidade ainda mais, o que torna muito mais fácil aprender com a emoção. Agora que você reconheceu, coloque uma escala nessa emoção. O quanto você ainda sente isso de 0 a 10 , sendo que “0” significa que não incomoda e 10, que é insuportável.

PASSO DOIS – Reconheça e acolha suas emoções sabendo que elas o apóiam

“Não se sinta mal por se sentir mal. Essa é uma ótima maneira de destruir a comunicação honesta consigo mesmo, e também com as outras pessoas. Seja grato por existir uma parte do seu cérebro que lhe envia um sinal de apoio, um chamado à ação para efetuar uma mudança, com relação à algum aspecto da vida, ou às suas ações.

Se você está disposto a confiar em suas emoções, sabendo que pode não compreendê-las no momento, mas que cada uma das que experimenta existem para apoiá-lo a promover uma mudança positiva, vai acabar com a guerra  que antes travava consigo mesmo. Verá que se encaminha para soluções simples. Qualquer coisa a que você resiste, tende a persistir.

Acolha amorosamente sua emoção, por pior que ela seja. Cultive o sentimento de apreciação por todas as emoções, e como uma criança que precisa de atenção, vai descobrir suas emoções se “acalmando”, quase que no mesmo instante.

Continua em https://andreabertoncel.com/2014/10/08/superar-dores-emocionais-cont/

A raiva!!

Quando percebemos que podemos desenvolver um ajuste nos nossos pensamentos e sentimentos, a vida toda se transforma.  Vemos como, na realidade, éramos nós, através desses pensamentos e sentimentos que nos estávamos massacrando, e não a realidade externa. Muitas vezes, um pequeno evento que ocorre pela manhã, pode nos fazer ficar sentindo raiva e ter pensamentos ruins o dia todo. Mas, o evento ja foi, nem existe mais, e pode ter sido pontual, resultado do sentimento momentâneo de outra pessoa.

Nesse sentido, deixo aqui uma linda frase de Buda a esse respeito.