Reunião do dia 20 de agosto

Ontem tivemos uma reunião um pouco diferente, muito produtiva.

O fato de ter um numero reduzido de pessoas nos permitiu contarmos situações pessoais e debatermos diversos assuntos diferenciados que tinham conexão com o conteúdo estudado. Foi muito rico.

Segue abaixo um pequeno resumo. Não fui anotando no exato momento como de costume. Se tiver algo que os participantes queiram completar, fiquem a vontade.

Grupo de estudos reunião

Próxima reunião será no dia 17 de setembro às 20h00 – capítulo 4 do livro

Saude e sucesso a todos

Anúncios

Saindo da depressão!

depressãoAlguns fatores podem estar causando o estado  emocional de depressão:

1. foco constante em situações mal resolvidas do passado
Você tem as seguintes opções – viver o agora , pensar no futuro e deixar definitivamente o passado para trás.
Se não conseguir fazer isso sozinho  procure ajuda de um profissional (aconselho a constelação familiar sistêmica ) e resolva essa questão de vez  – ENTRE EM AÇÃO

2. problemas atuais acumulados e que parecem se repetir indefinidamente
Quais são os hábitos de pensar, sentir ou agir que você tem, que está levando sempre aos mesmo comportamentos e resultados? Como você pode mudar? o que pode fazer agora para iniciar essa mudança?
Se não conseguir mudar sozinho procure a ajuda de um profissional ( aconselho o life coaching) e resolva  essa questão de vez  – ENTRE EM AÇÃO

3. crenças limitantes sobre o que pode ou não ser mudado
Desenvolvemos crenças conscientes e inconscientes de que não existem opções, de que não podemos nos desapegar de algo, de que somos apenas o que pensamos ser, de que os outros nos impedem de realizar algo, etc…  Descobrir e se libertar de suas crenças interiores  é muito poderoso e transformador – Se não conseguir  fazer sozinho procure a  ajuda de um profissional ( aconselho coaching com PNL ) e resolva essa questão de vez  – ENTRE EM AÇÃO

4. vício químico cerebral 
Emoções repetidas geram produtos químicos e viciam nossas células cerebrais. Elas passam a se reproduzir cada vez mais dependentes, gerando as mesmas emoções que queremos evitar. Como todo vício é difícil combater no início. E, como qualquer vício ataque um dia de cada vez . Quebre o estado, procure focos producentes, positivos. Busque estratégias que tragam felicidade e positivismo. Lute diariamente com unhas e dentes, você pode!

-Se pergunte : O que pode me trazer animo, felicidade, motivação hoje?
Podem ser pequenas ações do tipo :

– passear por um lindo parque ou jardim
– brincar com um animal de estimação
– colocar uma musica alegre e cantarolar ou dançar
– assistir a uma comédia
– vestir uma roupa que jamais usaria e sair por aí
– ir a um parquinho, pular corda, balançar, descer no escorregador ou pular amarelinha

Talvez você sinta como se tivesse fugindo das responsabilidades ou sendo imaturo, ignore, esses também são efeitos da química no seu cérebro.
Se o motivo de sua depressão for um dos citados acima, AJA em busca de solução.
Se for um vício químico de negatividade criado por anos de repetição de formas de pensar, sentir e agir – AJA em busca de estratégias para ser feliz, ARRISQUE-SE, VIVA, DIVIRTA-SE!!!!
– Se não conseguir  fazer sozinho procure a  ajuda de um profissional  (aconselho life coaching com PNL) e resolva essa questão de vez  – ENTRE EM AÇÃO

Constelação Familiar Sistemica – Monica Spinola
Life coaching com PNL – Andréa Bertelli Bertoncel
Para agendar ( 11) 998.066.308

Fios soltos – promessas não cumpridas

“Diz a sabedoria indígena que quando não cumprimos aquilo que prometemos, o fio de nossa ação que deveria estar concluída e amarrada em algum lugar fica solto ao nosso lado. Com o passar do tempo, os fios soltos enrolam-se em nossos pés e impedem que caminhemos livremente. Ficamos amarrados às nossas próprias palavras.

Por isso os nativos têm o costume de: “por-as-palavras-a-andar“. Que significa agir de acordo com o que se fala. Isso conduz à integridade entre o pensar, o sentir e o agir no mundo e nos conduz ao Caminho da Beleza onde há harmonia e prosperidade naturais.”

Sabedoria indígena

É preciso agir, sempre!!!

Eu sempre procuro ressaltar, em meus atendimentos à clientes, a importância em agir.

Começamos por avaliar o momento presente, estabelecer metas mensuradas e bem especificadas; elencamos recursos, descobrimos os valores que nos motivam, mas sem ação, tudo isso não passará de elucubração mental.

Sem ação não se chega a lugar nenhum.

Assumir com coragem que ações diferenciadas e constantes devem ser feitas para que a meta seja alcançada.
Adquirir um ritmo semanal de especificar novas ações em direção ao que se propõe conquistar.
Por menor que essas ações sejam, são necessárias e fazem parte do caminho de conquista.

Persistir , focalizar, imaginar e AGIR. Pensar, sentir e AGIR. Planificar, elaborar, listar e AGIR.

Todas os métodos adotados deverão culminar na ação.
Não se preocupe demais em achar:
Qual a ação certa?
Qual a ação errada?  Será que isso tem a ver?
Será que estou no caminho certo?
Escolha uma opção, aja e depois avalie o resultado, vá corrigindo o rumo. É melhor ter um opção do que nenhuma.

Ação – avaliação – aprendizagem – nova ação – avaliação – aprendizagem – nova ação – avaliação – aprendizagem ……..

Com o tempo, isso torna-se natural em sua vida, e , a partir daí , não há nada que você não possa realizar.

Deixo aqui um pequeno texto de Nitzsche sobre esse assunto:

” O conhecimento e a fé bem comportada não podem nada contra a força da ação, nem proporcionam mudanças verdadeiras. Não podem substituir os exercícios que precisam ser realizados para que qualquer idéia seja tranformada em ação. Em primeiro lugar vem a ação! Isso quer dizer exercício, exercício, exercício!
( Nietzsche)

 

Hábitos de pensamento, emocionais e de ação!

Já citei algumas vezes que nossos pensamentos criam a nossa realidade, esses pensamentos quando incorporados criam hábitos.

Nossos hábitos fazem nossa vida. Na maior parte do tempo pensamos, sentimos e agimos conforme hábitos pré-adquiridos.

Vocês podem dizer,    “imagina!!!    Eu não sou um robô!!!”.
Mas temos sim hábitos de pensamento, hábitos emocionais, e hábitos de ação muito enraigados.

Vamos por partes:

Hábitos do pensar:  todas as deduções, pré-julgamento e crenças (aquilo que acreditamos ser verdade, apesar de nem sempre ser) que utilizamos no dia a dia são hábitos de pensamento. E quantos erros, injustiças e com certeza muita discussão já foi causada por conta disso!!!

Veja abaixo filmes sobre o perigo de deduzir apenas pelo que presenciamos.

Temos também o hábito, muito difundido hoje em dia, por causa da mídia, em pensar sempre na pior hipótese, no negativo, no que pode acontecer de ruim.
Esse hábito traz um grande poder implícito, o de que, o que pensamos , é atraido para nós, a tão comentada e verdadeira Lei da Atração.

Então aquela pessoa que só pensa em assalto, será assaltada. Aquela que pensa que vai pegar muito transito e fila, vai pegar muito transito e fila.
Em compensação aquela pessoa que pensa que está sempre protegida,  estará sempre protegida, e isso irá refletir em sua vida como um todo.

Verifique estatísticas reais e ficará impressionado com a proporção baixa de crimes, assaltos, sequestros em relação ao numero de habitantes. Claro, que o ideal é que reduzamos isso ao máximo, mas em questão de probabilidade, vemos que aquela pessoa que ja foi assaltada muitas vezes, deve, consciente ou incoscientemente estar atraindo isso.

Então, por que acontece com um e não com outro, será que não acontece apenas àquele que tem essa preocupação dentro de si? Vale a pena observar.

E quanto aos hábitos emocionais, esses então, são um perigo:
Conhece aquela pessoa que só por que alguém robou a vaga em que iria estacionar, já começa a esbravejar ou então a choramingar “por que isso acontece comigo? O que foi que fiz? …..” Já entra automaticamente num estado de coitadinho . Ai minha nossa!!!

Entrar no estado de coitadinho é muito comum também. Então , quando perceber que está entrando nessa,  pare de choramingar e vá em busca das soluções.
O que já passou, já passou, deixe lá trás.

Ou então aquela moça que por que encontrou a pasta de dente aberta sobre a pia do banheiro (talvez deixados lá pelo filho ou marido) já assume que aquele dia será péssimo, e se irrita e se sente muito mal. Que poder é dado para uma tampinha, não é?

Você consegue controlar seus sentimentos ou são eles que te controlam?

E as respostas automaticas que damos sem pensar: O marido pergunta – “quer sair para jantar fora?” e a mulher já descamba, “por que? O que vc fez de errado? Ta querendo me bajular? “ Muitas vezes ele só quer sair um pouco da rotina mesmo. Mas cadê clima depois disso?

Ah!! Os hábitos de ação. Os piores são os hábitos de não ação. Você cria uma lista linda que coisas que quer fazer no final de semana, quer arrumar o armário, depois sair para passear, e talvez visitar aquele velho amigo, ir ao cinema… Mas os hábitos, velhos hábitos,  e você é capaz de passar o dia todo em frente a TV ou no computador, pode?

Isso é muito grave por que são nossos hábitos que nos impedem de alcançar quem nós queremos nos tornar e os sonhos que queremos realizar.

Uma pequena mudança consciente nos hábitos nos leverá a grande resultados, experimente!!

Dá trabalho, mas vale a pena!!